Informação é Conhecimento, Conhecimento é Poder e quem tem poder esta no Comando...



 


O que deve conter no rótulo que você precisa saber ler...


Porção: essa é a quantidade média indicada para cada indivíduo sadio;

"serving size" 1/4 cup ou 40gr  

Itens de declaração obrigatória: valor energético, carboidratos, proteínas, gorduras totais, gorduras saturadas, gordura trans, fibras alimentares, sódio e cálcio;


Lista de ingredientes: é colocado todos os ingredientes utilizados para preparar aquele determinado alimento em ordem decrescente, ou seja, do usado em maiores quantidades, para aqueles com menos quantidades, por tanto os ingredientes que vieram primeiro contém mais ; 


%VD: Percentual de Valores Diários é o número que mostra quanto o alimento apresenta de energia e nutrientes em relação a uma dieta de 200 kcal;


VALOR ENERGÉTICOÉ a quantidade calórica que a porção indicada possui. De acordo com a Sociedade Brasileira de Diabetes, alimentos com baixo valor calórico são aqueles com menos de 400 kcal por 100 g.


CARBOIDRATOSSão os nutrientes que têm como função levar energia para o organismo. Para os diabéticos (e pessoas saudáveis, também), o ideal é consumir a versão integral.


PROTEÍNASTambém essenciais para o nosso corpo, as proteínas ajudam na construção e manutenção de tecidos, células, órgãos e músculos.


GORDURAS TOTAISÉ a soma de todas as gorduras existentes no alimento. Quanto ao nutriente, ele também fornecem energia para o corpo, além de ajudar na absorção de determinadas vitaminas, como A, D, E e K.


GORDURAS SATURADASSão encontradas em alimentos de origem animal e deve ser consumida com moderação. Isso porque o excesso pode desenvolver o risco de doenças cardiovasculares.


GORDURA TRANSGeralmente, esse tipo de elemento surge em preparações com gordura vegetal hidrogenada. O seu consumo também deve ser bastante reduzido (de preferência, não ingeri-lo), já que o nosso corpo não necessita dessa gordura.


FIBRAS ALIMENTARESNutriente superimportante para o nosso organismo, pois auxilia no melhor funcionamento do intestino.


SÓDIOEncontrado no sal de cozinha e nos alimentos industrializados, como salgadinhos, embutidos e outros, devem ser consumidos com moderação, já que o seu consumo de forma exagerada pode aumentar a pressão arterial.




Referências
1. Site da Sociedade Brasileira de Diabetes. Disponível em: http://www.diabetes.org.br/home-nutricao/101-rotulos-nutricionais-nutricao/675-como-decifrar-as-informacoes-dos-rotulos-de-alimentos Última visualização em 20 de junho de 2016.


Agora olhe esse exemplo abaixo: 

Em amarelo : a quantidade em medida caseira e em gramas 

em laranja : Limite esses ingredientes e a porcentagem que deveria ser consumido no dia escrito em azul...20% acima é muita coisa.

em rosa: fibras e vitaminas




Vamos ao que interessa...
Nos ingredientes você pode estar sendo enganado(a)...

O termo "sabores" em um pacote pode ser altamente enganoso. Soa inocente e está em Tantos produtos que estamos acostumadas a nem olhar mais para isso. As empresas de sabores são proprietárias dessas fórmulas "mágicas" ... tornando quase impossível descobrir exatamente o que há nelas. Você gostaria de pensar que "sabor de maçã natural" é apenas um pouco de suco extraído de uma maçã e inserido na comida. Não. Esse “sabor de maçã natural” precisa ser preservado e estabilizado e tem agentes adicionados para ajudar a misturar bem em um produto. É por isso que os sabores podem conter mais de 100 ingredientes como propilenoglicol, polissorbato 80, BHT, BHA ... todos considerados "aditivos incidentais" que não precisam ser rotulados pelo FDA. O FDA não exige que as empresas informem o que está nos sabores que usam. É um ingrediente misterioso completo.
Cada vez mais aqui em casa estamos pensando em ingerir comida de verdade, quanto mais eu estudo mais apavorada fico...
As empresas brincam com a nossa saúde...







Sabores artificiais são misturas químicas feitas com ingredientes sintéticos (não naturais) em um laboratório. Eles são produzidos por destilação fracionada e manipulação química de vários produtos químicos, como petróleo bruto ou alcatrão de hulha. Sabor artificial de baunilha pode ser feito a partir de polpa de madeira. Com sabores artificiais, os químicos podem fazer qualquer coisa parecer um morango sem ter nenhum morango (ou qualquer alimento de verdade), o que é realmente horrível se você se preocupa com a saúde. Mas é ótimo para os fabricantes de alimentos porque os sabores artificiais são muito mais baratos do que o uso de alimentos reais (ou mesmo sabores naturais). 



traduzindo o quadro acima :

sabor artificial : mistura de químicas sintéticas feitas em laboratórios.
sabor artificial x sabor : mesma coisa que sabor artificial
sabor natural : praticamente a mesma porcaria dos sabores artificiais , mas são derivados de plantas e animais ( como os castores) mas contém preservativos, emulsificantes e solventes 
Natural x sabores : mesma porcaria 
Natural x sabores artificiais: mesma porcaria não quer dizer que tenha algo natural 
sabor natural organic : sabores naturais que contém regulamento que proíbe radiação por iodo, GMO, pode conter aditivos, mas não pode conter solventes e preservativos.
Sabores naturais ( certificado pelos EUA) a sabor nao é orgânico mas precisa passar pelas leis orgânicas acima .
essências naturais : a essência captura uma pequena parte do sabor da fruta ou vegetal, por exemplo: para ter um sabor de morango, eles pegam os morangos e esquentam e capturam o cheiro...Pode conter aditivos.
X- extrato - parecido como fazem baunilha caseira, colocando baunilha no álcool e extraindo o sabor.
pode conter algum aditivo.





O Sabor Natural é praticamente a mesma coisa que o Sabor Artificial, mas é derivado de substâncias encontradas na natureza (plantas, animais, etc.). Então, o sabor é DERIVADO de coisas naturais, mas é importante lembrar que isso não é tudo que ele contém. Lembre-se, sabores normalmente contêm conservantes, emulsificantes, solventes e outros "aditivos incidentais", que podem constituir 80% ou mais da formulação. Alguns dos aditivos incidentais mais comuns nos sabores incluem: benzoato de sódio, glicerina, sorbato de potássio e propilenoglicol (nenhum dos quais é rotulado).

Químicos criam essas formulações complexas em um laboratório, isolando e misturando sabores específicos extraídos de centenas de compostos, alguns dos quais podem ser OGMs. Esses compostos podem vir de substâncias que estão longe da realidade. Por exemplo, eles podem levar alguns castoreum de um castor para fazer um sabor que se assemelha a uma framboesa - sem nunca usar framboesas. Mas, ei, é "natural" porque é de um castor.


Alimentos orgânicos podem conter sabores naturais. Embora não seja o ideal, pelo menos, "Organic Natural Flavour" é feito como outros ingredientes orgânicos e precisa seguir os mesmos regulamentos. Isso significa que os sabores orgânicos não contêm solventes sintéticos ou conservantes e nenhum MGO. Alguns dos "aditivos incidentais" proibidos a partir de sabores orgânicos incluem propilenoglicol, mono e diglicéridos, BHT, BHA e polissorbato 80.

Sabores Naturais (em um produto “USDA Certified Organic”)


Às vezes, você verá apenas "sabores naturais" listados em um produto orgânico certificado (em vez de "Sabores naturais orgânicos"). Isso significa que o sabor em si não é orgânico, mas está em conformidade com os regulamentos orgânicos - como nenhum ingrediente sintético ou GMO. Então, em última análise, esses sabores terão um perfil mais limpo do que o sabor natural médio de um produto convencional. 

Enfim...
Se você procura mais saúde para você e suas crianças...
aprenda a ficar ligada nos rótulos e escolha os alimentos mais naturais possíveis.

Beijos e até +
Dani :) 




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

E começa o Tubinho 2018 - bem vinda.

dia 2 - tubinho - um programa de treino para você seguir

Podcasts gratuitos todas segundas e sextas DIA 1